Notícias

Novo Ensino Médio começa a valer no ano que vem

Colégio Sérios se antecipa à “revolução na educação” e prepara alunos e professores para as mudanças que estão por vir

 

Brasília, 13 de setembro de 2021 – Com previsão de ser implementado, de forma gradual, a partir de 2022, o Novo Ensino Médio é um modelo de aprendizagem por áreas de conhecimento que permitirá ao jovem optar por uma formação técnica e profissionalizante. Ao final do ensino médio, o aluno receberá, além do certificado do ensino médio regular, também o certificado do curso técnico ou profissionalizante que cursou.

Na prática, o novo currículo do Ensino Médio é organizado por áreas de conhecimento (e não por matérias) e será composta por quatro áreas de conhecimento, mais uma de formação Técnica e Profissional.

Na nova estrutura, até 1.800 horas da carga horária contemplam habilidades e competências relacionadas às quatro áreas do conhecimento. São eles: Matemáticas e suas Tecnologias; Linguagens e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Ciências Humanas e Sociais Aplicadas. E, no mínimo, 1.200 horas são flexíveis e ficarão reservadas para a Formação Técnica e Profissional.

 

De acordo com Vanessa Araújo, diretora pedagógica do Colégio Sérios, de Brasília, as principais mudanças do Novo Ensino Médio são o aumento da carga horária dos estudantes, a adoção de uma base comum curricular e a escolha dos itinerários formativos por parte do aluno.

 

A mudança valerá, a partir do ano que vem, os alunos do primeiro ano e a previsão é de que, até 2024, contemplará todas as turmas do país. Ela também vai aumentar a carga horária total ao longo dos três anos, que passará de 2.400 horas para 3 mil horas.

 

“Entendemos que o Novo Ensino Médio é uma revolução na educação. A nossa proposta pedagógica tem foco no protagonismo dos estudantes. Aqui, no Colégio Sérios, preparamos o aluno para a vida e as aprendizagens vão muito além do desenvolvimento cognitivo. Em termos práticos, a estrutura do Novo Ensino Médio favorece o crescimento, a capacidade de fazer escolhas, os interesses e o bom aproveitamento do tempo no último segmento da educação básica”, afirma a diretora.

 

Benefícios da mudança

E de que forma os alunos poderão ser beneficiados? Segundo Vanessa Araújo, a ampliação do tempo mínimo dos estudantes na escola e a oferta dos itinerários formativos podem promover mais segurança na aquisição de conhecimentos, na formação do hábito de estudos e no caminho para escolha profissional.

 

“A proposta é oferecer ensino de qualidade aos nossos estudantes, considerando o perfil do jovem atual: mais conectado, com senso crítico e capacidade de argumentação e com uma gama de áreas a serem exploradas”, esclarece, lembrando que a instituição já está se preparando para adaptar a grade curricular: “Nossa carga horária já era organizada com o mínimo de 1.110 horas e o máximo de 1350, quando há proposta de desenvolvimento de projetos. Agora, foram feitas alterações para organizar a Formação Geral Básica- FGB e os itinerários formativos de modo a garantir que haja aprendizado, estabelecimento de metas e rotinas, foco, conquistas e também bem-estar, pois reconhecemos que a educação vai além do campo acadêmico”, conta.

 

Vanessa Araújo explica que, no Sérios, a implementação será muito fluida, pois a proposta pedagógica da escola é inovadora e foi escrita já pensando na formação integral, na totalidade dos nossos estudantes. “Como temos uma estrutura física privilegiada, com espaços que possibilitarão a realização dos itinerários na própria escola e uma equipe pedagógica muito capacitada e experiente, acreditamos que, vindo grandes desafios, estamos aptos a enfrentá-los”, defende.

Professores também precisarão se adaptar

Assim como qualquer mudança, a implementação do Novo Ensino Médio será desafiadora para os profissionais de educação e requer investimento pessoal que inicia na leitura do documento, pesquisas acerca das recomendações, capacitação – seja oferecida pela escola ou mesmo como uma busca pessoal e, acima de tudo, que os professores abracem a ideia, com a convicção de que, a proposta traz crescimento para todos os envolvidos. “Assim como o sucesso da escola perpassa pelo envolvimento dos professores, o êxito na adesão a um projeto também precisa contar com o acolhimento e o compromisso dos docentes”, finaliza a diretora pedagógica do Colégio Sérios.

 

SERVIÇO:

Colégio Seriös

SGAS 902 BL. C Lt. 75 Brasília-DF

Telefone: (61) 3049-8800

 

Sobre o Colégio Seriös – Há nove anos no mercado de Brasília, a instituição de período semi-integral faz parte de um ecossistema de aprendizagem múltipla e humanista para todas as fases escolares. A proposta pedagógica inclui atividades de Arte, Cultura e Tecnologia (ACT), mescladas às demais disciplinas, que visam a aquisição de competências e o desenvolvimento de habilidades indispensáveis para a formação integral. O objetivo é proporcionar uma visão humanista e omnilateral para a formação integral de cidadãos conscientes de suas escolhas.

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA – COLÉGIO SERIÖS

Proativa Comunicação

Contatos: Gabriella Collodetti (61 99308-5704) / Flávio Resende (61 99216-9188)

Tel.: 61 3246-4436

E-mail: proativa@proativacomunicacao.com.br

Facebook/Instagram/Twitter: @ProativaC

Veja Também

Open chat