Notícias

Aulas de música são fundamentais para o desenvolvimento de crianças e adolescentes

Desde 2008, a disciplina se tornou obrigatória nas escolas públicas e privadas do Brasil. Para o Ministério da Educação, a inclusão na grade curricular aproxima os estudantes da cultura



Brasília, 6 de outubro de 2020 – Na última quinta-feira (1º), foi comemorado o Dia Internacional da Música, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) para promover a paz e a amizade entre os povos com o auxílio da música.

Esta forma de arte tem sido tão importante para a humanidade que, em 2008, o Ministério da Educação (MEC) tornou obrigatório o ensino da Música nas escolas públicas e particulares do Brasil. A norma referente ao assunto, publicada no Diário Oficial da União (DOU), alterava a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, onde o Ensino Fundamental e Médio deveria aderir à disciplina na grade curricular em um prazo de três anos.

Rafael Pereira, professor de Música do Colégio Seriös, explica a importância da matéria para a formação dos estudantes de diferentes idades. “O ensino desta disciplina, além de auxiliar e estimular o desenvolvimento cognitivo dos alunos, traz consigo um importante papel de socialização entre os mesmos. Isso é uma grande riqueza”, informa.

O professor ainda frisa que, diferente do que muitos acham, não há uma idade mínima para começar o aprendizado. Isto porque, mesmo que a criança não tenha estatura para lidar com certos instrumentos e também esteja em fase de alfabetização, há atividades pedagógicas relacionadas à música-terapia que podem servir como base para a iniciação da musicalização infantil.

Sabe-se que o ato de ouvir e aprender acerca da música é extremamente benéfico. Por estar presente desde os primórdios da sociedade mundial, as canções, melodias e harmonias passaram a integrar a personalidade do ser humano. Resumidamente, para crianças e adolescentes, podemos sintetizar as vantagens de entrar no mundo musical da seguinte forma:

  1. Expressão

O contato das crianças e adolescentes com a música possibilita a desenvoltura para movimentos corporais e, além disso, estimula a expressão de sentimentos.

Com esses benefícios, principalmente físicos, a coordenação motora também consegue ser trabalhada.

  1. Disciplina

Por trabalhar com recursos que atuam com a concentração e atenção, a música contribui com o foco da criança e do adolescente. A prática fortalece a memória e promove o autoconhecimento

  1. Cultura

Partindo da orientação do MEC em que as aulas de música devem oferecer, além das noções básicas de música, dos cantos cívicos nacionais e dos sons de instrumentos de orquestra, aprendizagem de cantos, danças e sons de instrumentos regionais e folclóricos. Essa atenção especial para a grade curricular é extremamente importante para a aproximação do jovem com a diversidade brasileira.

Além disso, hoje em dia, estilos estrangeiros também são apresentados pelos professores de diferentes escolas nacionais. A partir desse contexto, é possível desenvolver a mente do estudante para compreender os diferentes tipos de culturas ao redor do mundo.

“A música promove o processo evolutivo do indivíduo. É por isso que é tão importante incluirmos a disciplina no dia a dia de crianças e adolescentes de diferentes idades. Conseguimos trabalhar com o amadurecimento dos alunos para que eles possam enxergar a arte além do prisma espectador”, explica Rafael.

Dificuldades

Enquanto professor, Rafael ainda visualiza que muitos alunos não tiveram um incentivo desde cedo, o que dificulta a criação base cultural. “Geralmente, eles demonstram ter mais dificuldades com quem já veio com esse desenvolvimento iniciado, em qualquer nível, dentro do quadro familiar”, complementa.

Entretanto, a barreira não se mostra persistente para o educador. De acordo com o profissional, as aulas conseguem trabalhar com os perfis dos alunos e, com isso, torna-se mais fácil trabalhar em conjunto para o crescimento do estudante.

“Saber transmitir que a arte não precisa ser colocada apenas como entretenimento é muito importante. Infelizmente, é catequisado desde cedo em nossa adequação de subdesenvolvimento. A música não deve ser tratada como algo de segundo plano”, pontua.

SERVIÇO:

Colégio Seriös
SGAS 902, BL. C, LT. 75, Asa Sul
Telefone: (61) 3049-8800

Sobre o Colégio Seriös – Há oito anos no mercado de Brasília, a instituição de período semi-integral faz parte de um ecossistema de aprendizagem múltipla e humanista para todas as fases escolares. A proposta pedagógica inclui atividades de Arte, Cultura e Tecnologia (ACT), mescladas às demais disciplinas, que visam a aquisição de competências e o desenvolvimento de habilidades indispensáveis para a formação integral. O objetivo é proporcionar uma visão humanista e omnilateral para a formação integral de cidadãos conscientes de suas escolhas.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – COLÉGIO SERIÖS
Proativa Comunicação
Contatos: Gabriella Collodetti (61 99308-5704) / Flávio Resende (61 99216-9188)
Tel.: (61) 3340-4448
E-mail: proativa@proativacomunicacao.com.br
Facebook/Instagram/Twitter: @ProativaC

 

(61) 3340-4448 Copyright 2013 · Todos os direitos reservados · www.proativacomunicacao.com.br